Corinthians pega o Boca na Bombonera para decidir em casa


O grande sonho do corintiano começa nesta quarta-feira, às 21h50, no estádio La Bombonera. Em partida válida pelo jogo de ida das finais da Copa Santander Libertadores, o Timão viajou até Buenos Aires com um só pensamento: segurar os argentinos e trazer a decisão aberta para o Pacaembu.
Para isso, o técnico Tite promete não fazer mudanças no time. O esquema sem nenhum centroavante de ofício será mantido. Os argumentos são simples: o sistema tem dado certo e trouxe a equipe até a grande final.
Com isso, Liedson, que fora aproveitado e teve boa atuação contra o Palmeiras, seguirá como boa opção no banco de reservas. Romarinho, que marcou dois gols no Dérbi, também viajou e é outro que pode ser usado.
Para aguentar a pressão da temida Bombonera, os corintianos apostam na força de sua defesa, que tomou apenas três gols em 12 jogos na competição até então.
- Eu quero sempre decidir na minha casa, perto do torcedor. É responsa maior, mas não tem importância. Quero estar sempre perto do torcedor - afirmou o treinador corintiano.
Pelos lados hermanos também nada de surpresa. Para garantir um bom resultado em seus domínios, o técnico Julio César Falcioni deverá manter o mesmo time que eliminou a Universidad de Chile (CHI) nas semifinais. Apesar de ter ficado fora do último treino coletivo, o astro Juan Roman Riquelme está confirmado para o duelo.
O camisa 10, aliás, é a grande arma Xeneize para o confronto. Conhecido por se dar bem em decisões, o meia será marcado de perto pelos corintianos.
No outro lado, o Corinthians também terá um velho conhecido pela frente. Trata-se de Santiago Silva, ex- centroavante do Timão em 2002. Esperança de gols do Boca, o centroavante teve uma passagem tímida pelo time de Parque São Jorge.
BOCA JUNIORS (ARG) X CORINTHIANS
Local: La Bombonera, Buenos Aires (ARG)
Data/Hora - 27/06/2012 – 21h50
Árbitro: Enrique Ósses (CHI)
Assistentes: Francisco Mondria e Carlos Astroza (CHI)
BOCA JUNIORS: Orión; Roncaglia, Schiavi, Caruzzo e Clemente Rodríguez; Ledesma, Erviti, Somoza e Riquelme; Mouche e Santiago Silva. Técnico: Julio César Falcioni
CORINTHIANS: Cássio; Alessandro, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf e Paulinho; Jorge Henrique, Danilo, Alex e Emerson Sheik. Técnico: Tite
(FONTE: O POVO)
Share on Google Plus

About Max Wenderson

0 comentários: