COPA DO BRASIL - Palmeiras vence o Coxa no jogo de ida e leva boa vantagem para Curitiba


Mesmo sem jogar bem e com um homem a menos, o Palmeiras conseguiu uma importante vitória por 2 a 0 diante do Coritiba no jogo de ida da final da Copa do Brasil, na Arena Barueri, levando boa vantagem para o jogo de volta na próxima quarta-feira, na capital paranaense.
Com gols de Valdivia - que foi expulso - e Thiago Heleno, o Verdão pode se sagrar campeão mesmo se perder por até dois gols de diferença em Curitiba, desde que balance as redes pelo menos uma vez no Couto Pereira.
Massacre do Coxa e castigo no fim
Apesar de jogar fora de casa, o Coxa iniciou a partida pressionando o Verdão no campo de defesa. E logo aos 7 minutos de jogo, os paranaenses tiveram duas grandes chances de abrir o placar na Arena.A primeira, em um contra-ataque puxado desde o círculo central por Júnior Urso, que saiu na cara do gol e finalizou, obrigando o goleiro Bruno a fazer bela defesa. Na sequência, Rafinha recebeu cruzamento de Gil e, livre, bateu por cima do gol palmeirense.Aos 12, Valdivia fez a primeira boa jogada do Palmeiras no jogo. Após lindo giro em cima do marcador, o Mago invadiu a área pela esquerda, mas recebeu o contato de Júnior Urso e desabou. O árbitro Wilton Pereira Sampaio apenas mandou seguir.Sete minutos depois, em nova boa chance do Coritiba, Bruno teve de salvar o Palmeiras novamente. Depois de tabela com Rafinha, Willian chegou com velocidade pelo lado direito da área e disparou chute cruzado, que o camisa 1 espalmou.Passada a metade da primeira etapa, o Verdão parecia ainda não ter entrado em campo, sem conseguir - com a bola no chão - chegar próximo à área do Coxa.Aos 33, veio a melhor oportunidade dos visitantes em todo o primeiro tempo. Thiago Heleno tentou rifar a bola, que caiu em direção à sua própria grande área. No entanto, Everton Ribeiro e Everton Costa, sozinhos, se confundiram, protagonizando cena bizarra e deixando a bola nas mãos de Bruno.
Com o fim do primeiro tempo se encaminhando, o "castigo" pelas várias chances desperdiçadas pelos comandados de Marcelo Oliveira chegou aos 45 minutos. Marcos Assunção cobrou falta da direita, Jonas e Betinho se agarraram na grande área e o juiz marcou penalidade a favor do Verdão. Na batida, Valdivia colocou no canto esquerdo do gol e abriu o placar.
De novo, Coxa começa melhor mas leva o segundo
Iniciada a etapa final, o Coritiba tomou novamente a iniciativa das ações no confronto. Contudo, sem o mesmo ímpeto e a mesma pressão do primeiro tempo.
Aos 19 minutos, com um jogo morno até então, falta para o Palmeiras na intermediária, em boa posição para Marcos Assunção. O volante palmeirense cobrou forte, a bola desviou em Lincoln e encontrou a cabeça de Thiago Heleno, que desviou para o fundo do gol ampliando a vantagem do Verdão.
Cinco minutos depois, Valdivia, que já tinha cartão amarelo, fez falta no meio de campo e levou o segundo, deixando a equipe com um a menos.
Depois da expulsão do Mago, Tcheco, que havia entrado no lugar de Júnior Urso, recebeu na grande área após escanteio e caiu, reclamando de um pênalti de Márcio Araújo.
Aos 35, Felipão promoveu a entrada de Maikon Leite. E com apenas um minuto em campo, o atacante teve a chance de "fechar o caixão" em seus pés. Depois de bom passe de Betinho, Maikon Leite arrancou quase do meio do gramado e ficou cara a cara com Vanderlei. O palmeirense chegou a limpar o goleiro, mas bateu muito fraco de esquerda, dando chances ao arqueiro do Coxa de se recuperar e fazer a defesa.
FICHA TÉCNICAPALMEIRAS 2 X 0 CORITIBALocal: Arena Barueri, Barueri (SP)Data e hora: 5/7/2012, às 21h50Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)Auxiliares: Alessandro Rocha de Matos (BA) e Fabricio Vilarinho da Silva (GO)                                                                                            Público e renda: 28.557 / R$ 1.874.214,00Cartões vermelhos: Valdivia, aos 24'/2ºT;Cartões amarelos: Júnior Urso, Jonas, Emerson e Tcheco (CFC); Valdivia e Márcio Araújo (PAL)GOLS: Valdivia, aos 47'/1ºT; Thiago Heleno, aos 19'/2ºTPALMEIRAS: Bruno, Artur, Maurício Ramos, Thiago Heleno e Juninho; Márcio Araújo, Marcos Assunção, João Vitor e Valdivia; Mazinho (Maikon Leite, aos 35'/2ºT) e Betinho. Técnico: Luiz Felipe ScolariCORITIBA: Vanderlei, Jonas, Pereira, Emerson e Lucas Mendes; Willianm, Júnior Urso (Tcheco, aos 30'/2ºT), Gil (Anderson Aquino, aos 23'/2ºT) e Everton Ribeiro (Lincoln, aos 11'/2ºT); Rafinha e Everton Costa. Técnico: Marcelo Oliveira
(FONTE: O Povo)
Share on Google Plus

About Max Wenderson

0 comentários: