Ceará encara o CRB para tentar uma nova reação na Série B

Itamar é a principal aposta para tentar romper a defesa do CRB fora de casa
 (Foto: Gabriel Gonçalves/ O POVO)Itamar é a principal aposta para tentar romper a defesa do CRB fora de casa (Foto: Gabriel Gonçalves/ O POVO)
Depois da vitória sobre o Barueri por 2 a 0 na última sexta, a crise do Ceará precisa ficar mesmo no passado. E para esboçar uma nova arrancada, retomar confiança e tentar arriscar uma passagem para a metade de cima da classificação da Série B, é fundamental vencer o CRB, na noite desta terça-feira (14), em Maceió.
Até porque, logo depois de enfrentar a equipe alagoana, que tem os mesmos 21 pontos do Alvinegro, o time de PC Gusmão (que volta à beira do campo após dois jogos de suspensão) vai ter mais uma partida fora de casa. No sábado será a vez de enfrentar o Bragantino, time que ocupa a zona de rebaixamento.
Ou seja: esta sequência às vésperas da metade do campeonato pode sim alimentar uma nova arrancada. Ou amarrotar de vez o desempenho do time. "Não adianta ter vencido o último jogo e daqui para frente a gente perder. Tem que tentar dar sequência", defendeu o volante Robston.
PC Gusmão indicou que deve manter a escalação que foi utilizada contra o Barueri. A única dúvida fica por conta de Mota. Com dores, o atacante foi poupado dos treinos antes da viagem a Maceió. Caso o jogador não tenha condições de atuar, o técnico alvinegro já pode contar com Robert, que foi regularizado.
Pelo CRB o técnico Roberto Fonseca continua mexendo na escalação, na tentativa de rearranjar a equipe, que foi goleada por 4 a 0 pelo Paraná no último sábado. Os atacantes Wanderley e Ricardinho cumprem suspensão e não vão jogar hoje à noite. Já o lateral-esquerdo Jadílson está de volta ao time.
Rogerinho reclama
Depois de rescindir contrato com o Ceará, o meia Rogerinho viajou ontem para Recife, onde vai defender o Náutico. Em entrevista antes do embarque, que acabou sendo no mesmo voo da delegação do seu ex-clube, o jogador demonstrou ainda se ressentir da saída de Porangabuçu após os protestos na torcida na semana passada.
Rogerinho alegou se sentir como bode expiatório para a crise alvinegra: "Saio triste porque deixo o clube por causa de uma situação que eu não cometi (sic)”, desabafou.
SÉRIE B

CRB: 4-4-2 
Cristiano; Diego Aragão (Ednei), Rogélio, Rodrigão e Jadilson; Roberto Lopes, Gleidson, Luciano e Geovani; Thiago Bezerra e Aloísio Chulapa. Técnico: Roberto Fonseca

CEARÁ: 4-4-2
Fernando Henrique; Paulo Sérgio, Thiego, Daniel Marques e Márcio Careca; Heleno, João Marcos, Juca e Bruninho; Mota (Robert) e Itamar. Técnico: PC Gusmão

Local: estádio Rei Pelé, em Maceió
Hora: 19h30min
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro
Assistentes: Marrubson Melo Freitas e Adson Márcio Lopes Leal
Transmissão: PFC e rádio O POVO/CBN (1010khz)
(FONTE: O Povo)
Share on Google Plus

About Max Wenderson

0 comentários: