CLASSICO REI - UM PASSO GIGANTESCO


Sobrando no segundo tempo, Ceará goleia o Fortaleza por 3 a 0, e põe um pé na decisão do Campeonato Cearense
O Ceará deu um grande passo rumo à decisão do Estadual. Quase impecável defensivamente e decisivo no ataque, o Vovô goleou o Fortaleza por 3 a 0, ontem à tarde no PV, no primeiro jogo da semifinal do certame.

Com o resultado, o Alvinegro pode até perder por três gols de diferença no próximo domingo, 12, também no PV. Mas antes do segundo duelo, os rivais entram em campo pela Copa do Brasil na quarta-feira. O Vovô recebe o ASA, no PV, precisando vencer por quatro gols de diferença para avançar. Já o Leão faz o primeiro jogo da 2ªFase em Aracaju, contra o Confiança/SE.

Magno Alves participou de dois gols na expressiva vitória do Alvinegro sobre os arquirrivais, neste domingo, no Estádio Presidente Vargas FOTO: NATINHO RODRIGUES
Ter a vantagem de dois resultados iguais fez o Ceará começar a partida precavido demais. Assim, naturalmente, o Fortaleza ficou com a posse de bola e o controle das ações.

Mas o domínio tricolor não era efetivo quanto às chances de gol, muito pelo sólido sistema defensivo do Alvinegro. A tática prejudicou a equipe alvinegra ofensivamente, que nada criava.

Só que um erro na saída de bola do volante Everton, do Leão, mudou a história do jogo aos 31 minutos: ao tentar inversão de jogo, deu um passe nos pés de Magno Alves, que saiu na cara do goleiro e tocou de calcanhar para Mota fazer 1 a 0.

O gol mudou o panorama da partida. O Fortaleza sentiu a falha individual e o Ceará ganhou confiança, dominando os minutos finais do 1º tempo.

Mais dois
Mas foi no segundo tempo que o Vovô foi mesmo superior, tanto é que o Leão não levou perigo ao gol de Fernando Henrique.

Torcedor traz mensagem de paz em partida com poucos espectadores para uma semifinal entre os maiores clubes do Estado.
Ao contrário do Alvinegro, que ampliou aos 17 minutos, com Rafael Vaz, e fez o terceiro com Magno Alves.

O placar só não foi maior porque os alvinegros ainda desperdiçaram alguns contra-ataques, mas a torcida preta-e-branca saiu comemorando a larga vantagem e a tricolor revoltada.

Ficha Técnica
Fortaleza - 0

João Carlos; Rafinha, Fabrício, Ronaldo Angelim e Marinho Donizete; Jackson Silva, Everton (Jefferson), Esley (Jackson Caucaia) e Jussimar; Jaílson (Edson Santos) e Assisinho.

Técnico: Hélio dos Anjos

Ceará - 3

Fernando Henrique; Eric (Rafael Cruz), Douglas, Rafael Vaz e Vicente; Diogo Orlando, João Marcos, Válber (Luiz Henrique) e Ricardinho (Pingo); Magno Alves e Mota.

Técnico: Leandro Campos

Campeonato Cearense 2013
Estádio: Presidente Vargas, em Fortaleza, (CE) Data: 5 de maio de 2013 Árbitro: Wladyerisson Oliveira
Assistentes: Thiago Brígido e Mardonio Ribeiro
Renda: R$ 135.513,00
Público: 6.482 pagantes
Gols: Mota (31/1ºT), Rafael Vaz (17/2ºT) e Magno Alves (37/2ºT)
Cartões Amarelos: Esley, Assisinho e Ronaldo Angelim (FOR), Rafael Vaz, João Marcos, Ricardinho e Luiz Henrique (CEA)

Ronaldo Angelim começou o jogo usando máscara para proteger o nariz, mas cinco minutos depois retirou-a. O jogador tomou o terceiro cartão amarelo e não jogará a segunda partida da semifinal
Técnico comemora marcação ´perfeita´
Em uma jornada em que a defesa e o ataque funcionaram quando preciso, o técnico do Ceará, Leandro Campos, elegeu o fator decisivo para que a vitória: a marcação perfeita.

"A marcação da minha equipe foi perfeita. A dedicação dos jogadores e a entrega deles em campo deram a segurança necessária para anularmos os ataques adversários e decidir o jogo".

Campos ressaltou que a semana cheia para treinar fez a diferença, em alusão à decisão do clube em poupar os jogadores em Arapiraca, na última quarta-feira. "Nosso time entrou inteiro em campo, muito bem fisicamente. Isto fez a diferença. Precisamos respeitar o Fortaleza, mas é inegável que demos um passo importante para a decisão. Aumentamos nossa vantagem".

Reforço
Para o jogo de volta pela Copa do Brasil, na quarta-feira, a diretoria e comissão técnica ainda definirão se os titulares entrarão em campo. Para o jogo, o técnico poderá contar com o zagueiro Anderson Marques, reforço confirmado pela diretoria.

Confira os gols




Hélio dos Anjos deixa o campo após mais um revés para o maior rival neste ano Fotos: Lucas de Menezes/ Natinho Rodrigues

Dos Anjos diz que 1º gol abalou a equipe
Após uma derrota, é comum buscar explicações para o acontecido. No caso do Fortaleza, em especial para o técnico Hélio dos Anjos, o gol sofrido no primeiro tempo, quando sua equipe dominava a partida, abalou a equipe.

"Ao sofrer o gol, da forma que foi e por estarmos melhor no jogo, abalou a equipe psicologicamente. Até voltamos com uma formação mais ofensiva do intervalo, mas não fomos felizes. Mérito do adversário".

Ainda que tenha definido como motivo para o abalo, Hélio dos Anjos eximiu o volante Everton de culpa no gol sofrido, lembrando que a equipe tinha pelo menos 15 minutos do 1º tempo e o todo o segundo para reagir. "Não colocarei a responsabilidade para nenhum jogador. O Everton não foi o problema. Não sofremos o gol no último minuto, tínhamos muito tempo para reagir. A responsabilidade foi minha pelo resultado, e não deles".

Agora focado para quarta-feira, na Copa do Brasil, o técnico não deixou claro se viaja à Aracaju com os titulares. "Pedi um tempo para pensar. Mas iremos com um grupo forte", prometeu.
VLADIMIR MARQUESREPÓRTER
(FONTE: DIARIO DO NORDESTE)
Share on Google Plus

About Max Wenderson

0 comentários: