COPA DAS CONFEDERAÇÕES - BRASIL EM CAMPO

Brasil e México se reencontram em primeiro jogo da Copa das Confederações na Arena Castelão

A Arena Castelão, enfim, receberá o primeiro de seus jogos pela Copa das Confederações em Fortaleza. E a partida de hoje não se trata de um encontro qualquer. Protagonistas de uma rivalidade crescente, Brasil e México se enfrentam no principal palco esportivo cearense, às 16 horas. O objetivo de ambos é, além de somar pontos indispensáveis para a classificação, decretar qual equipe manda no clássico latino, que contou com histórico movimentado nas últimas edições.
Na preparação do grupo durante a semana, os jogadores brasileiros e o técnico Luiz Felipe Scolari destacaram a necessidade de tomar cuidados especiais diante do elenco mexicano. Embora não viva em sua melhor fase, o grupo tricolor de José Manuel de la Torre pode surpreender a Canarinho no momento mais indevido. “É um jogo decisivo, pois se trata de uma competição de tiro curto”, destacou o zagueiro David Luiz, em entrevista coletiva realizada ontem, no Hotel Marina Park.
Segundo o defensor, os comandados de Felipão devem aproveitar a vantagem diante dos mexicanos. Isso porque a estreia dos rivais não foi tão boa. Contra a Itália, o México começou a Copa das Confederações com derrota por 2 a 1. “Nos últimos adversários, sempre vimos aquela linha de quatro defensiva, tornando a partida mais complicada. Eles precisam atacar, por isso devemos ter um jogo mais aberto desta vez”, explicou o zagueiro.
Com a vitória de estreia diante dos japoneses, o Brasil pode se classificar para as semifinais hoje, caso vença o time mexicano em Fortaleza. Situação perfeita para uma revanche. No último encontro, em 2012, o México venceu o Brasil por 2 a 1 na final das Olimpíadas de Londres, adiando mais uma vez o título inédito para a seleção pentacampeã do Mundial.

Mas, para Felipão, será acima de tudo um encontro sadio. De celebração do esporte, diante de uma torcida apaixonada. “Espero um ambiente cordial, entre dois povos que têm muito a compartilhar”, disse o técnico.
 
Apoio aos protestos

Enquanto o jogo corre no Castelão, do lado de fora da arena, manifestantes farão protesto. Ontem, jogadores da Seleção se manifestaram a favor das últimas mobilizações públicas pelo País.
“Sabemos que eles que fazem as manifestações estão certos e só querem melhorar o Brasil”, argumentou o atacante Hulk.

David Luiz crê que o protesto pede melhoras para a população. “O brasileiro ama o seu país e por isso tudo está acontecendo”, disse.
Os mexicanos estrearam na Copa das Confederações no último domingo, quando foram derrotados pela seleção italiana
Seleção brasileira tem time titular mantido por Luiz Felipe Scolari. Sem novidades, equipe tenta classificação
 2 A 1
Último placar foi a favor dos mexicanos, em final das Olimpíadas de Londres. Nos últimos quatro encontros, duas vitórias para cada

CE
O clima de suspense na preparação da equipe mexicana só não foi completo porque porque treino no Castelão foi liberado

Multimídia
O jogo do Brasil na Copa das Confederações é o Tema do Dia nos veículos do Grupo de Comunicação O POVO. Confira:
 
Para escutar: Na rádio O POVO/CBN (FM 95,5), o tema será discutido no programa Grande Jornal, às 9h, e/ou no programa Revista O POVO/CBN, às 15h. Na rádio Globo/O POVO (AM 1010), no programa Manhã do POVO, às 10h. 
 Para ver - A TV O POVO trará matéria sobre o tema no O POVO Notícias, às 18h30min. Assista à programação pelo canal 48 (UHF e TV Show) e 23 (Net).
 
Para ler e opinar: acompanhe a repercussão na página do O POVO Online no facebook (www.facebook.com/ OPOVOOnline ) e no portal O POVO Online (www.opovo.com.br).
Share on Google Plus

About Max Wenderson

0 comentários: